Governador garante ajuda a São Pedro de Alcântara e leva apoio à família do jovem que morreu em decorrência das fortes chuvas

O governador Jorginho Mello foi a São Pedro de Alcântara nesta segunda-feira, 29, levar o apoio do Governo do Estado e solidariedade à família do adolescente de 17 anos que morreu no domingo, em decorrência do temporal que atingiu o município. O rapaz foi arrastado pela correnteza do rio Imaruí. Depois de ir ao velório do jovem, o governador, ao lado do prefeito, percorreu as ruas e pontos mais afetados pelas fortes chuvas e reforçou que o Estado será parceiro no trabalho de recuperação da cidade.

“Nós viemos aqui para prestar solidariedade à família que perdeu esse menino. E ao prefeito e às lideranças daqui, dizer que o governo está junto. Foi um toró d’água nunca visto pelos moradores. A gente procura ajudar com o socorro imediato, o que a prefeitura não pode fazer, e depois na recuperação. É um povo que merece o nosso apoio, a nossa ajuda para que se restabeleça o mais rápido possível”, disse o governador.

O prefeito de São Pedro de Alcântara, Charles da Cunha, explicou que em pouco mais de uma hora, parte da cidade foi afetada por mais de 100 mm de chuva. O resultado foram vários deslizamentos, queda de duas casas de madeira e de diversas árvores.

“Não conseguimos mensurar em valor todo prejuízo que foi causado, mas, entre eles tem estradas de chão totalmente danificadas, inúmeras barreiras, pedras que a gente vai precisar retirar”, enumera o prefeito. Segundo ele, uma rua que foi pavimentada recentemente também foi totalmente danificada. “O prejuízo é grande, mas a gente ainda tá em busca e com certeza esse apoio na parte de infraestrutura vai nos ajudar muito aqui no nosso município”, completa Cunha.

Atendimento ao município

Desde que as primeiras ocorrências começaram a ser registradas em São Pedro de Alcântara, a Defesa Civil municipal recebeu apoio da Polícia Militar de Santa Catarina, do Corpo de Bombeiros Militar e da secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil.

“Desde o início o Estado esteve no município. As forças auxiliaram nas buscas do jovem que tava desaparecido, fizeram resgates e toda a questão de apoio pra retirar pessoas que estavam ilhadas. E durante o dia de hoje (esta segunda-feira, 29) a Defesa Civil do Estado assim como de municípios vizinhos continuam presentes auxiliando na confecção de laudos e contabilizando as ocorrências”, explicou o coordenador municipal de Defesa Civil, Luiz Carlos Vieira Júnior.

Jaraguá do Sul

Ainda na tarde desta segunda-feira, 29, o governador Jorginho Mello foi a Jaraguá do Sul. O município também foi afetado por fortes chuvas no domingo, que provocaram deslizamentos de terra, queda de muros, erosão no asfalto e inundação em algumas ruas.

A força e o volume da água em um curto espaço de tempo assustaram a população. A estimativa é de que tenha chovido cerca de 60mm em apenas 20 minutos. “É um volume de água muito grande que desce e não tem o que segure. A rua vira um rio. Então eu vim aqui para reforçar que estamos à disposição para ajudar”, disse o governador, que estava acompanhado do secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, coronel Fabiano de Souza e do deputado estadual Vicente Caropreso.

O governador também aproveitou para reforçar que umas das prioridades para o ano de 2024 é a questão da limpeza dos rios para minimizar o impacto à população de enchentes como as que atingiram o estado em 2023. “Nós vamos iniciar pelo rio Itajaí-Açu com dragagem e limpeza. Eu estou programando junto com a Fecam (Federação Catarinense de Municípios), que envolve todos os prefeitos, o dia de limpeza de rios e córregos. Isso vai ajudar bastante”, detalha o governador.

Fonte: SECOM – Gov SC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?